Seu portal de informações sobre o sistema eleitoral brasileiro
Notícias
Propaganda eleitoral via WhatsApp é a vedete nestas Eleições

Propaganda eleitoral via WhatsApp é a vedete nestas Eleições

[24/07/2014]

Superada a ressaca pós Copa do Mundo, os candidatos começam a colocar suas campanhas eleitorais na rua. A aposta no momento são reuniões com militantes, corpo a corpo com eleitores e principalmente atividades na internet, principalmente facebook, twitter e, a novidade, o envio de mensagens, vídeos e memes pelo WhatsApp.


No Paraná, um candidato ao Governo montou uma central com 20 computadores com a intenção de centralizar a estratégia digital da campanha. Através dela é realizado um monitoramento da rede para avaliar o desempenho do candidato e dos demais concorrentes. Com isso, pretendem conseguir uma reação rápida a críticas que possam surgir e, também, levar ao maior número de eleitores as propostas do candidato.


Políticos utilizarem o marketing digital como ferramenta, para se aproximar do eleitorado durante o período eleitoral, não é mais nenhuma novidade. Rápido e de baixo custo, as mídias sociais nas duas últimas campanhas ganhou destaque entre os candidatos, mas segundo especialistas, a “vedete” deste ano será o aplicativo WhatsApp.
Este aplicativo é de fácil manuseio e se popularizou entre os brasileiros no úktimo ano, tanto que até mesmo alguns Tribunais Regionais Eleitorais aderiram ao sistema e, também, lançaram um canal de comunicação com o eleitor através dele.


As plataformas mobile podem levar vantagens frente às redes sociais específicas de computadores pessoais (os PCs).


O jornalista Ulisses Aesse, pós-graduado em Marketing Digital, pesquisa o uso das novas tecnologias, alerta que o uso do WhatsApp tende a ser a grande novidade das eleições de outubro por conta de sua mobilidade. “É uma ferramenta para ser usada no celular, de forma instantânea e que economiza tempo. Suas características centrais são o compartilhamento mais rápido de vídeo, áudio e imagens. Ou seja, algo que o Facebook e Twitter não conseguem. Neste sentido, pela matemática da comunicação, ele leva mais por menor tempo. É uma arma importante.”


Analisei o sistema de whatsapp eleitoral sob o ponto de via jurídico. Ele se enquadra na modalide de propaganda eletrônica (como os e-mail´s e sms) é por isso muito importante ficar atento para apenas fazer o envio das mensagens após incluir um sistem seguro e confiável de descadastramento.


Já existem algumas empresas que adaptaram seus sistemas para atender as exigências eleitorais, como já mostramos AQUI.


Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/politica/noticia/2014/07/telemarketing-eleitoral-proibido-mas-whatsapp-liberado-na-campanha.html Diário da Manhã http://oglobo.globo.com/brasil/candidatos-do-rio-usam-whatsapp-sms-em-campanha-eleitoral-13333357 http://www.ro

Indique a um amigo
Mapa do site
 

Copyright © 2019.Eleitoral Brasil. Todos os direitos reservados