Seu portal de informações sobre o sistema eleitoral brasileiro
Notícias
Incêndio criminoso relacionado com eleições leva fazendeiro à prisão

Incêndio criminoso relacionado com eleições leva fazendeiro à prisão

[22/04/2016]

Nas eleições municipais de 2004, o candidato a Prefeito da cidade de Boca do Acre/AM, Dominguinhos Munhoz, teve sua candidatura impugnada sob o argumento de que ele estaria inelegível para aquele cargo pois já havia ocupado, por 2 mandatos consecutivos, o cargo de Vice-Prefeito. O pedido foi aceito pela Justiça e todos os votos recebidos por ele foram considerados nulos. Além disso, como o total de votos nulos na cidade foi superior a 50% da votação, a Justiça anunciou que seria necessário realizar novas eleições.


Esta situação desencadeou uma revolta popular na cidade, logo após o término da apuração dos votos, com manifestantes anteando fogo no Fórum de Justiça, no Cartório Eleitoral, na Prefeitura Municipal, na residência do então prefeito Iran Lima, em uma emissora de rádio, na TV Boca do Acre e depredaram ainda dois caminhões. A Juíza Eleitoral estava dentro do Fórum e precisou fugir pelos fundos, pulando o muro e se machucou.


Após investigações, a Justiça identificou que os mentores/organizadores dos atentados eram pessoas ligadas ao grupo político de Dominguinhos e todos foram processados.


Após cerca de 12 anos o processo chegou ao fim, com a condenação do empresário e fazendeiro Túlio Rodrigues da Luz, de 68 anos, a 9 anos e 6 meses de prisão por incêndio criminoso. Na última quarta-feira (20.04.16), Túlio foi preso. Outro fazendeiro e um radialista também foram condenados pelo crime e estão foragidos.


Fonte: www.g1.com.br

Indique a um amigo
Mapa do site
 

Copyright © 2019.Eleitoral Brasil. Todos os direitos reservados